Cirurgia Oral

Quando se fala em cirurgia é comum imaginar um tratamento doloroso, atribulado e com riscos. O avanço da ciência tornou grande parte das cirurgias em tratamentos simples, comuns e com riscos quase nulos. No caso da cirurgia oral, são realizadas pequenas intervenções sem riscos para o paciente e sem dor. Estas permitem executar todas as tarefas quotidianas sem interrupções ou desvios após a intervenção cirúrgica. Na Medicis, todos os pacientes têm um plano cuidado, programado e acordado, com acompanhamento em todas as etapas dos processos pré e pós cirurgicos

 

Tratamento de dentes inclusos

Dentes inclusos são aqueles que, por alguma razão não nasceram. Seja por falta de espaço, má formação ou por não terem erupcionado e atingido a sua posição na arcada dentária dentro do tempo esperado. Geralmente estes casos acontecem com os terceiros molares por serem os últimos a nascer (mais conhecidos por sisos), mas também outros dentes podem por algum motivo estar inclusos. Em ambos os casos estes devem ser removidos através de uma pequena cirurgia oral indolor. Irá deste modo salvaguardar a saúde do seu organismo, ao evitar formação de quistos, tumores ou infeções.

 

Quistos e Tumores

Quistos e tumores são geralmente criados por infeção do dente, gengiva ou por um dente incluso que não foi removido. Nos casos de infeções com um maior nível de seriedade, ou em etapa mais avançada, procedemos à remoção cirúrgica do quisto.

 

Infeções

As infeções orais são suportadas por vírus, bactérias e fungos e devem ser tratadas em fase inicial para evitar maior intervenção médica. Infeções em estágios avançados podem requerer intervenção cirúrgica. O melhor método de as precaver é realizar consultas de rotina. É muito importante não ignorar sinais como a dor continua do dente, aparecimento de manchas escuras ou outros indícios que não sejam normais! O tratamento tardio de infeções podem provocar doenças muitos graves no seu organismo.

 

Quer visitar a nossa clínica? Marque já o seu check-up!