escova-de-dentes
Escova de Dentes. Como Limpar a Sua?
14 Junho, 2017
gengivite-causas-tratamento
Gengivite. Causas e tratamento
10 Julho, 2017
Show all

Mau Hálito ou Halitose

mau-halito-halitose

Todos sabemos o que significa o conceito de mau hálito, mas será que percebemos realmente o que este significa e implica? Nós explicamos-lhe.

Muitos são aqueles que sofrem de mau hálito apesar de cumprirem com as suas tarefas de higiene oral. Nem sempre o mau hálito está associado a falhas de higienização!

Conheça os principais fatores causadores mau hálito e como combatê-los.

 

Define-se por halitose o termo médico utilizado para designar a presença de um hálito desagradável. A halitose é uma condição que apresenta um importante impacto social e na autoestima das pessoas, pelo que deve ser combatida.

Por muito que se escove os dentes e use antisséticos, algumas pessoas não conseguem livrar-se por completo do mau hálito. Isto porque só 75% dos casos de halitose têm origem na via oral. Os restantes 25% representam casos mais complexos e que podem ter origens do aparelho respiratório, tubo digestivo ou falhas do próprio sistema, sintomas que evidenciam algum tipo de desequilíbrio no organismo e que deve ser identificado e tratado.

 

O que origina a halitose?

Muitos são os fatores que podem originar mau hálito. Dentre as situações que o possam originar através da via oral, as mais comuns são gengivite, periodontite e saburra lingual.

Outros fatores extrínsecos à via oral compreendem a ingestão de alimentos odoríferos, alterações renais ou intestinais, amigdalites, hipoglicemia e diabetes.

É importante não confundir a halitose com um mau hálito momentâneo. Muitos associam a ingestão e a digestão, juntamente com os arrotos e refluxos gastroesofágicos como os causadores do mau hálito diário. É importante ter em atenção que estes casos apenas alteram o hálito momentaneamente e de forma passageira!

 

O que fazer?

É muito importante realizar a higienização da zona bucal após as refeições e ter em atenção se o mau hálito persiste. Caso isso aconteça é possível que tenha um dos problemas acima referidos, devendo consultar um dentista especializado para avaliar e resolver a situação.

Qualquer uma das situações acima referidas apresentam resolução (sendo mais difíceis de solucionar quanto maior for a avanço da infeção ou doença). Prevenir é de facto o melhor remédio! Mantenha bons hábitos de higiene, faça consultas de rotina ao seu dentista e certifique-se de viver feliz e sem inseguranças!